Tamanho do texto

Empréstimos não pagos no prazo aumentaram no mês passado em 4,7 bilhões de euros, informou Banco Central espanhol

A inadimplência de bancos espanhóis subiu para 8,72% da carteira em abril, maior nível desde abril de 1994, segundo dados do Banco da Espanha divulgados nesta segunda-feira. No mês anterior, o indicador havia sido de 8,37%.

LeiaEspanha e Itália continuam sob pressão mesmo após eleição grega

Os empréstimos não pagos no prazo aumentaram no mês passado em 4,7 bilhões de euros (US$ 5,9 bilhões) ante março, para 153 bilhões de euros.

MaisEspanha não deve apressar redução do déficit

A inadimplência tem crescido continuamente desde o estouro da bolha imobiliária quatro anos atrás e o desemprego tem crescido para mais que o dobro da média da União Europeia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.