Tamanho do texto

A telefonia móvel espanhola perdeu 378,8 mil assinantes em abril, em relação a março, na maior queda mensal histórica

O movimento é reflexo, principalmente, da crise econômica do país.  Segundo informou a Comissão do Mercado das Telecomunicações, entidade reguladora do setor no país, a Movistar, marca da Telefónica, e a Vodafone puxaram o desempenho negativo do período. As companhias foram as únicas operadoras a registrar perda líquida de clientes em abril.

Leita também: Espanha não precisará de resgate mais amplo, diz governo alemão

A Movistar desativou 367,3 mil clientes e a Vodafone deixou de ter 189 mil linhas móveis ativas. O período de instabilidade econômica e as altas taxas de desemprego da Espanha têm se refletido na perda de clientes da telefonia móvel no país. De fevereiro a abril, foram 643,8 mil linhas a menos.

No mesmo período de 2011, 128,3 mil linhas foram desativadas. Já as assinaturas de serviços de banda larga fixa aumentaram pelo nono mês consecutivo. Foram 24,6 mil clientes a mais em abril, segundo a Comissão do Mercado das Telecomunicações espanhola. O segmento de telefonia fixa, por sua vez, perdeu 32,3 mil linhas no mês de abril.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.