Tamanho do texto

Presidente da Comissão Europeia afirmou que organismo pode apresentar propostas legislativas para integrar a fiscalização europeia

O Executivo da União Europeia pode apresentar propostas neste ano para integrar a supervisão dos bancos, afirmou nesta quarta-feira o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, destacando um importante passo na direção da união bancária para dar suporte ao sistema financeiro da zona do euro.

Barroso afirmou que a Comissão Europeia pode apresentar propostas legislativas para integrar a supervisão europeia.

Autoridades esperam que isso inclua o fortalecimento da Autoridade Bancária Europeia, supervisor da UE.

LeiaRajoy pede mais integração fiscal e bancária a líderes europeus

"Até o outono (no hemisfério norte) a Comissão pode estar preparada para apresentar propostas importantes para adotar uma supervisão bancária mais integrada e garantias de depósitos comuns", disse Barroso no Parlamento Europeu.

Líderes da UE vão discutir o estabelecimento de laços mais próximos em uma cúpula marcada para 28 e 29 de junho, e um esboço da declaração a ser apresentada após a reunião destacou a necessidade de uma integração bancária e fiscal.

TambémEuropa precisa de integração bancária e fiscal, diz relatório da UE

"Há uma necessidade para mais blocos de construção específicos centralizados em torno de uma integração bancária e fiscal mais forte, apoiado por uma governança reforçada no euro", disse o texto, obtido pela Reuters. "Recentes desdobramentos demonstraram a necessidade de levar a União Econômica e Monetária para o próximo estágio".

Entretanto, passos na direção de tal integração são politicamente difíceis. Eles podem incluir a criação de uma chamada união bancária para centralizar o controle de grandes bancos europeus e fundos da UE.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.