Tamanho do texto

Em entrevista à "CNN", diretora-gerente do FMI evitou prever se a Grécia sairá da zona do euro

A diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, afirmou em entrevista concedida à cadeia "CNN" que é preciso salvar o euro "em menos de três meses".

Segundo a "CNN", a afirmação de Lagarde é uma resposta ao prognóstico do investidor multimilionário George Soros de que a Europa tem três meses para salvar a moeda única. "A construção da zona do euro levou tempo, e é uma tarefa que está em construção neste momento", explica Lagarde.

A diretora-gerente não quis, por outro lado, tentar prever se a Grécia sairá da zona do euro - será uma questão de determinação política, afirmou -, mas desculpou-se por suas recentes declarações sobre a evasão fiscal nesse país.

"Também acredito que o cumprimento das obrigações fiscais é um instrumento necessário para reinstaurar a situação de qualquer país, entre eles a Grécia", acrescentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.