Tamanho do texto

As baixas registradas nos quatro primeiros meses do ano acontecem depois que a venda de casas fechou 2011 em queda de 17,7%

A venda de imóveis na Espanha caiu 9,9 % em abril frente ao mesmo mês de 2011, até contabilizar 21.551 operações e emendar 14 meses de baixas anualizadas consecutivas, segundo a estatística publicada nesta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A queda anualizada de abril representa uma moderação frente aos experimentados nos três meses anteriores, quando as operações diminuíram 22,7% (em março), 31,8% (em fevereiro) e 26,3% (em janeiro).

Entenda o empréstimo para salvar os bancos da Espanha

As baixas dos quatro primeiros meses do ano acontecem depois que a venda de casas fechou 2011 em queda de 17,7%.

Este retrocesso contrasta com o crescimento de 6,3% registrado em 2010, que aconteceu depois que as vendas desabaram em 2009 e 2008 (24,9% e 28,8%, respectivamente), coincidindo com a crise do setor.

Com estes dados, a compra e venda de imóveis se mantém longe dos números alcançados em pleno "boom" do setor, quando se chegaram a superar as 80 mil transações mensais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.