Tamanho do texto

Com estes resultados, os piores em três anos, a Itália aprofunda sua recessão após o recuo de 0,2% de julho a setembro e a retração de 0,7% de outubro a dezembro de 2011

O Produto Interno Bruto (PIB) italiano retrocedeu 0,8% no primeiro trimestre de 2012 em relação aos últimos três meses do ano passado, informou nesta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística da Itália (Istat) ao confirmar seus dados preliminares de maio passado.

Enquanto o Istat comunicou que no primeiro trimestre de 2012 a queda do PIB frente ao mesmo período do ano anterior tinha sido de 1,4%, corrigindo o 1,3% que comunicou no mês passado.

Com estes dados, os piores em três anos, o Istat confirma que a Itália aguça sua recessão ao se confirmar a terceira queda trimestral consecutiva, após o 0,2% de julho a setembro e o 0,7% de outubro a dezembro de 2011.

"Todos os componentes da demanda interna, exceto a despesa da administração pública, diminuíram, em um contexto marcado além disso pela redução das importações e um ligeira queda das exportações", explicou o Istat comentando os dados.

Segundo o Istat, se prevê que a redução do PIB em 2012 seja de 1,4%, enquanto nas últimas previsões econômicas enviadas à Comissão Europeia, o Executivo tecnocrata de Mario Monti prevê que a economia italiana se contraia 1,2% em 2012.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.