Tamanho do texto

Previsão do banco central para o crescimento da economia foi revisada de 0,6% para 1%

A previsão do banco central da Alemanha para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2012 foi revisada na sexta-feira de 0,6% para 1%, em um sinal de melhora na expectativa para o desempenho da atividade na economia mais forte da Europa. Mas a projeção para 2013 diminuiu de 1,8% para 1,6%.

Problemas enfrentados pela Grécia e Espanha são avaliados como os principais riscos para a economia alemã. A avaliação do Bundesbank, o banco central alemão, é de que o país está operando em um ambiente difícil, enquanto a situação política na Grécia e os problemas do setor bancário da Espanha impõem riscos para as perspectivas de crescimento.

Leia notícias sobre Crise na Europa

O banco central ainda espera que o crescimento se acelere gradualmente durante este ano e no próximo, em comparação com o relativamente fraco primeiro trimestre.

O Bundesbank comentou que a queda da demanda por produtos alemães na zona do euro está afetando negativamente as perspectivas, mas uma recuperação no crescimento global está sendo benéfica.

"Se as incertezas se dissiparem mais rapidamente do que esperamos no cenário, as condições de financiamento bem mais favoráveis ajudarão a Alemanha a registrar um crescimento maior", afirmou Jens Weidmann, presidente do Bundesbank. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo"

.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.