Tamanho do texto

Crescimento da economia da Alemanha não conseguiu compensar o aprofundamento da recessão na maior parte da zona do euro

A confiança do investidor na zona do euro recuou pelo terceiro mês seguido em junho, atingindo o menor nível em mais de três anos, uma vez que o crescimento da Alemanha não conseguiu compensar o aprofundamento da recessão na maior parte da zona do euro.

O grupo de pesquisa Sentix informou nesta segunda-feira que seu índice de acompanhamento do sentimento na zona do euro recuou para -28,9, o menor desde maio de 2009, embora tenha superado a expectativa em uma pesquisa da Reuters de -29,5.

As expectativas de seis analistas variaram de -35,0 a -27,5.

"A zona do euro está se tornando um problema global", disse o Sentix em comunicado. "A recessão na zona do euro está se aprofundando... mesmo os motores do crescimento estão falhando."

A leitura para a Alemanha recuou 6,9 pontos em relação a maio para 9,1 em junho devido à piora das expectativas. O subíndice de expectativa para a economia alemã recuou pelo terceiro mês seguido, para -14,0 ante -5,8 em maio.

O fortalecimento da economia alemã durante a crise da dívida soberana da zona do euro até agora contrastou com a recessão em outros países da região, mas dados da maior economia da Europa sinalizam que sua imunidade pode estar acabando.

O sentimento empresarial da Alemanha recuou em maio e o setor industrial encolheu, indicando perspectivas menos animadoras para a economia alemã.

A leitura do Sentix de expectativas para a zona do euro recuou para -22,5 ante -17,3, e o subíndice de condições atuais também recuou para -35,0 ante -31,5, informou o grupo de pesquisas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.