Tamanho do texto

Instituto Nacional de Estatísticas (INE) informou que as vendas do comércio varejista caíram 9,8% em abril, o recuo mais expressivo desde 2003

A economia espanhola continuará em contração no segundo trimestre do ano, depois de uma contração de 0,3% do PIB entre janeiro e março, anunciou o Banco da Espanha em seu boletim mensal.

Espanha irá ao mercado para financiar Bankia e diversas regiões do país

"Os indicadores disponíveis referentes ao segundo trimestre do ano ainda são escassos, mas antecipam que atividade seguirá em contração no período", afirma o banco.

O ministério da Economia prevê uma nova contração de 0,3% no segundo trimestre.

O resultado negativo entre janeiro e março, após uma queda idêntica de 0,3% no último trimestre de 2011, marcou a volta da Espanha à recessão.

Nesta terça-feira, o Instituto Nacional de Estatísticas (INE) informou que as vendas do comércio varejista caíram 9,8% em abril, a queda mais expressiva desde 2003.