Tamanho do texto

Para Roberto Rodrigues, preços das commodities voltarão a níveis mais próximos da realidade

selo

São Paulo, 8 - O ex-ministro da Agricultura e coordenador do Centro de Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas (GV Agro), Roberto Rodrigues, disse nesta segunda-feira que a crise financeira reduz a especulação nos mercados futuros.

Com um menor número de especuladores no mercado, os preços das commodities voltarão a níveis mais próximos da realidade, o que deixa os mercados mais transparentes, disse Rodrigues durante intervalo do 10º Congresso Brasileiro do Agronegócio.

O diretor do Itaú BBA, Alexandre Figliolino, disse que o principal impacto da crise é a queda dos preços das principais commodities agrícolas, o que pode afetar o resultado da receita de exportação brasileira.

"O açúcar não será tão afetado porque a oferta está limitada e porque sua demanda é inelástica e independe de perda de renda", explica.

Já de acordo com o diretor presidente da Guarani, Jacyr Costa Filho, o agravamento da crise financeira deve afetar a oferta de crédito por parte das instituições financeiras. Segundo ele, este momento vai tornar ainda mais importante as linhas de financiamento oferecidas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.