Tamanho do texto

Pela primeira vez na história, o Fórum Social Mundial (FSM), que será realizado este ano em Belém, no Pará, e o Fórum Econômico Mundial (FEM), em Davos, na Suíça, estarão focados em um mesmo dilema: a crise econômica mundial. Realizados concomitantemente ¿ mas com públicos opostos ¿, os dois encontros deverão analisar e buscar alternativas para a atual situação global.

Mas, enquanto a elite econômica estará reunida em Davos para tentar reverter o quadro sombrio ¿ como classificou o relatório Riscos globais 2009, divulgado pela organização do evento ¿ nos moldes da economia atual, movimentos sociais, organizações não-governamentais e representantes governistas ligados às questões sociais de várias nacionalidades se encontrarão na região Amazônica para dar seqüência ao debate sobre um novo modelo econômico.

Leia tudo no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.