Tamanho do texto

Washington - A Toyota informou nesta sexta-feira que a queda nas vendas e as crescentes perdas econômicas lhe obrigarão a cortar ainda mais sua produção na América do Norte.

"Estamos agindo de forma responsável e passo a passo para responder a esta situação nos últimos meses e esperamos que as novas medidas ajudem a ajustar a produção protegendo empregos", disse o vice-presidente para assuntos exteriores da Toyota, Jim Wiseman, em um comunicado.

A empresa disse que aumentará os dias sem produção em abril, uma medida que variará em cada unidade que tem na América do Norte.

Outras medidas serão a redução da jornada de trabalho e a eliminação dos bônus a executivos, que terão também seus salários reduzidos.

A Toyota também oferecerá a seus empregados programas para que abandonem de forma voluntária a empresa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.