Tamanho do texto

O presidente da Associação Brasileira de Concessionárias de Energia Elétrica, Evandro Coura, disse ontem que a turbulência no setor financeiro deverá adiar em dois ou três anos os planos de novas aberturas de capital no setor elétrico. A liquidez internacional deverá ser menor, mas deverá voltar em pouco tempo.

"

Ele disse que eventual escalada do dólar pode afetar investimentos na construção de usinas termoelétricas, que usam mais componentes importados. No entanto, segundo Coura, tudo leva a crer que a forte intervenção do governo americano conseguirá estancar a crise, antes que ela chegue com força ao Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.