Tamanho do texto

Programa, gratuito, contrasta preços encontrados pelos consumidores em supermercados com os informados pelo órgão que mede inflação oficial do país, cuja atuação é questionada

EFE

Jovens argentinos criaram um aplicativo de celular que permite a comparação dos índices oficiais do Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec) com os valores que as pessoas encontram no dia a dia. O "Angry Idec", que tem nome inspirado no popular jogo "Angry Birds", está disponível há um mês, e é gratuito.

Até agora, cerca de 1,2 mil usuários baixaram o aplicativo. "As pessoas têm aceitado isso com humor, mas os comentários dos usuários nos permite ver o nojo com que a população avalia o índice do Indec", explicou à Agência Efe, Sergio Viera, professor da Universidade Tecnológica Nacional, que desenvolveu o aplicativo junto a seis alunos de engenharia de sistemas. O funcionamento é simples: o usuário escolhe um dos oito produtos disponíveis, como pão ou carne, e digita o preço que paga normalmente por ele.

MaisArgentina pagará cupom de bônus em dólares

A partir daí, o produto cai em dois carrinhos de supermercado, que, após percorrerem um percurso, ficam posicionados a uma distância proporcional entre o encontrado pelo consumidor e o verificado pelo Indec. Com os dados do aplicativo, um mapa é confeccionado, com zonas marcadas em vermelho, onde os valores marcados pelos consumidores estão muito acima dos dados oficiais. Já as áreas em verdes têm preços mais próximos aos encontrados pelo Idec.

O órgão que mede a inflação na Argentina tem tido sua confiabilidade questionada por economistas e consultorias desde o início de 2007. A ideia de criar o jogo nasceu em agosto, durante encontro entre desenvolvedores de informática e jornalistas. Um dos repórteres propôs a jovens estudantes de engenharia de sistemas que se criasse um "mapa colaborativo de preços".

Leia aindaBanco Central da Argentina quer eliminar o dólar em transações

O Indec divulgou nesta sexta-feira que os preços ao consumidor na Argentina subiram em setembro 0,9% com relação a agosto. Frente ao mesmo mês de 2011, porém, o aumento foi de 10%. Antes de se tornarem públicos os dados oficiais, deputados da oposição informaram que o índice de inflação média, com base em cálculos de consultorias privadas, foi de 1,93% em setembro, com acumulado de 24,3 % frente ao mesmo mês do ano passado. 

    Leia tudo sobre: aplicativo

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.