Tamanho do texto

Ministro afirmou ainda que todos os índices apontam para queda da inflação em relação ao ano passado

selo

O corte de R$ 55 bilhões no Orçamento e a queda nos índices de inflação estão entre os fatores que abrem espaço para a redução da taxa básica de juros, afirmou há pouco o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Mantega disse também que avaliou como positiva a queda dos juros no mercado financeiro logo após o anúncio. 

"O mercado leva a sério o nosso propósito de fazer uma política fiscal responsável, sólida. O corte anunciado ontem é grande e mostra que nossa trajetória vai ser perseguida nesse e nos próximos anos. Isso abre espaço para juros menores, desde que a inflação esteja sob controle", afirmou.

Leia : Brasil caminha para um PIB acima de 5% em 2012, diz Mantega

Mantega afirmou também todos os índices apontam para uma queda da inflação. Disse que janeiro e fevereiro são meses de inflação mais forte, mas neste ano a inflação está caindo em relação ao ano passado. "Isso propicia um crescimento da economia em condições equilibradas." 

Sobre a possibilidade de o corte no Orçamento levar a uma redução mais rápida dos juros para o patamar de um dígito, afirmou que "sobre velocidade da queda dos juros, só Banco Central pode responder."

Mais : Mantega reitera intenção de desonerar folha de empresas

Mantega disse ainda que o governo tem sido cada vez mais flexível na área fiscal, reduzindo os tributos que barateiam o custo da produção e do investimento, e disse que essa política vai continuar.