Tamanho do texto

Documento irá mostrar a explicação do Comitê para a diminuição da taxa básica de juros e pode elucidar as perspectivas econômicas

O destaque na agenda doméstica desta quinta-feira fica por conta da ata do Comitê de Política Monetária (Copom). O documento deve elucidar o que levou o colegiado do Banco Central (BC) a acelerar o ritmo de corte da Selic de meio ponto para 0,75 ponto percentual no encontro da semana passada. Também deve ser conhecida a visão dos dois diretores dissidentes, que votaram contra a decisão.

Os investidores esperam a ata para saber quais serão os próximos caminhos que o Copom irá tomar com relação á taxa de juros e também para saber quais as perspectivas econômicas para os meses seguintes. Nesta semana, o ministro da Fazenda Guido Mantega comentou que a taxa básica de juros, a Selic, em 9,75% ao ano atualmente, vai convergir para o nível da Taxa de Juros de Longo prazo (TJLP), que está em 6% ao ano. Mantega, porém, não afirmou se isso aconteceria ainda neste ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.