Tamanho do texto

Sydney (Austrália), 23 jan (EFE).- A forte freada econômica da China representará para a Austrália a perda de pelo menos US$ 3,3 bilhões em trocas comerciais, alertou hoje o ministro do Tesouro australiano, Wayne Swan.

O ministro do Tesouro confirmou assim a previsão do chefe de Governo, Kevin Rudd, que na quinta-feira havia alertado que a cotração da economia chinesa provocaria uma forte queda das exportações australianas pondo em risco postos de trabalho no país.

Segundo dados revelados na quinta-feira passada, a economia da China registrou durante o último trimestre de 2008 um crescimento de 6,8%, o que arrastou a média anual a 9%, marca mais baixa desde 2001. EFE mg/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.