Tamanho do texto

A consultoria IT Data prevê um reajuste nos preços de produtos de informática em janeiro de 2009. Se o dólar continuar acima de R$ 2,30, os preços médios dos monitores, que podem representar até a metade do valor cheio de um computador, devem subir 20% no primeiro mês de 2009.

Segundo a IT Data, o avanço do dólar não afetou demasiado os preços neste fim de ano porque alguns fabricantes usaram uma cotação mais baixa em suas vendas ao varejo. Ao mesmo tempo, empresas que precisavam se capitalizar repassaram o produto ao dólar antigo. Do lado do consumidor, avalia o diretor de pesquisas da consultoria, Ivair Rodrigues, "a crise mundial e o excesso de informações negativas estão fazendo com que o consumidor pense duas vezes na hora de comprar um produto de informática".

A IT Data acaba de finalizar uma pesquisa com 800 pessoas físicas de todo o Brasil que pretendem adquirir um computador pessoal nos próximos seis meses. Dentre os destaques do levantamento está o fato de que há grande interesse de compra de PCs pelas classes mais baixas e, apesar de o preço ser fundamental na hora da compra, o consumidor se mostrou disposto a pagar um valor superior para ter o produto que lhe atenda, já que, de um ano para cá, melhorou sensivelmente o conhecimento sobre tecnologia por parte dos usuários.

A pesquisa da IT Data também aponta que o monitor tornou-se o item mais importante na compra de um desktop. Isto explica a grande venda de desktops com monitores de 19 e 22 polegadas. O consumidor também tem se mostrado mais propenso a comprar os seus futuros PCs pela internet. Antes, ele utilizava a internet apenas para consulta e pesquisa. Além disso, o computador ainda é o principal objeto de desejo das pessoas das classes B, C e D. Na classe A, ele fica na segunda posição, atrás apenas das TVs de LCD.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.