Tamanho do texto

Índice subiu para -9,8 no mês, ante taxa de -9,9 em maio

selo

O índice de confiança do consumidor da zona do euro subiu para -9,8 em junho, de -9,9 em maio, contrariando a previsão dos economistas de queda para -10,0, segundo a Comissão Europeia. O setor manufatureiro da região, no entanto, se tornou mais pessimista, com o índice de confiança correspondente caindo para 3,2 em junho, de 3,8 em maio - uma queda maior do que a esperada pelos economistas, que previam leitura de 3,5.

O Indicador de Clima para Negócios, uma medida separada de condições para as indústrias, recuou para 0,92, de 0,98, no quarto mês seguido de declínio. O Indicador de Sentimento Econômico geral diminuiu para 105,1, de 105,5, em linha com as expectativas dos economistas de queda para 105,0.

Na União Europeia como um todo, o sentimento econômico caiu mais fortemente, em boa parte como resultado de um significativo declínio no Reino Unido, onde o indicador recuou para 99,9, de 102,1. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.