Tamanho do texto

Produtos manufaturados representaram 55,1% das exportações brasileiras para a Venezuela

A troca comercial entre Brasil e Venezuela bateu um novo recorde em 2011, ao totalizar US$ 5,861 bilhões. O valor representa um aumento de 25,06% em relação a 2010, informaram fontes empresariais nesta sexta-feira. Esse fluxo comercial consolidou a Venezuela como o décimo maior parceiro comercial do Brasil, segundo dados divulgados pela Câmara de Comércio e Indústria bilateral.

As exportações do Brasil para a Venezuela chegaram a US$ 4,591 bilhões em 2011, enquanto as importações do país vizinho somaram US$ 1,270 bilhão. De acordo com a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Venezuela, os produtos manufaturados representaram 55,1% das exportações brasileiras para a Venezuela.

O presidente da câmara, José Francisco Marcondes, considerou que 2011 foi "um ano extraordinário para o comércio bilateral", não só pelo recorde alcançado, mas também pelo fato de que as importações brasileiras de produtos venezuelanos aumentaram cerca de 50% em relação a 2010. "Este crescimento seguramente garantirá um fluxo comercial ainda maior em 2012", previu Marcondes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.