Tamanho do texto

A Bolsa de Tóquio registrou queda acentuada, com inesperados pedidos fracos de maquinários criando um ambiente conveniente para a realização de lucros, derrubando ações de montadoras como a Toyota e de empresas de tecnologia como a TDK. O Nikkei 225 teve baixa de 124,63 pontos, ou 1,1%, e fechou aos 11.

A Bolsa de Tóquio registrou queda acentuada, com inesperados pedidos fracos de maquinários criando um ambiente conveniente para a realização de lucros, derrubando ações de montadoras como a Toyota e de empresas de tecnologia como a TDK. O Nikkei 225 teve baixa de 124,63 pontos, ou 1,1%, e fechou aos 11.168,20 pontos.<p><p>O tom baixista foi definido cedo, com os preços das ações caindo influenciados pelo desempenho das bolsas do ocidente e pela valorização do iene. A declaração do presidente do Fed (Banco Central dos EUA), Ben Bernanke, contra o "excesso de otimismo" sobre a economia renovou as preocupações sobre a capacidade da Grécia de financiar sua dívida.<p><p>Dados oficiais do governo apontaram, antes do início do pregão, redução de 5,4% nos pedidos de maquinários em fevereiro, contrariando uma expectativa de crescimento de 3,9% para o índice. O resultado é um sinal desanimador para as despesas de capital, que respondem por 15% do Produto Interno Bruto do Japão e são consideradas o principal indicador de investimentos das empresas. <p><p>O relatório mensal econômico do BOJ (Banco Central do Japão) para abril sugeriu que a perspectiva global continua a ser positiva, e ressaltou que a economia "está se recuperando". <i>As informações são da Dow Jones</i>
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.