Tamanho do texto

SÃO PAULO - O grupo britânico de telefonia Vodafone anunciou hoje uma receita de 10,47 bilhões de libras no quarto trimestre do ano passado, valor 14,3% acima do registrado no mesmo período de 2007, quando a receita da empresa era de 9,16 bilhões de libras. De acordo com o comunicado da companhia, deste crescimento da receita, 12,8 pontos percentuais são provenientes dos movimentos favoráveis das taxas de câmbio internacionais e 2,5 pontos percentuais são originados dos benefícios com fusões e aquisições realizadas pela empresa, principalmente na Índia. Na Europa, a receita dos últimos três meses do ano ficou em 7,01 bilhões de libras, um avanço de 15% frente ao mesmo período do ano passado.

Nos negócios da África e da Europa Central, a receita ficou em 1,29 bilhão de libras, ganhando 6,1%, enquanto na Ásia e no Oriente Médio, a companhia acumulou 1,40 bilhão de libras, alta de 27,9% na mesma base de comparação.

Diante das mudanças nos patamares do câmbio no mercado internacional, a Vodafone revisou para cima suas projeções para o ano fiscal, que termina em março deste ano. A companhia prevê que a receita neste ano chegará ao montante de 40,6 bilhões de libras a 41,5 bilhões de libras, sendo que a última estimativa tinha ficado de 38,9 bilhões de libras a 39,7 bilhões de libras.

(Vanessa Dezem | Valor Online com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.