Tamanho do texto

Kansas City, 6 - Produtores de açúcar de beterraba dos Estados Unidos precisam de algumas semanas de clima seco para finalizar a colheita, que está atrasada por causa do excesso de chuvas. A produção corre sérios riscos, segundo fontes da indústria.

Até domingo, cerca de 81% da colheita de beterraba havia terminado, um atraso de 9 pontos porcentuais em relação à média em cinco anos.

"O perigo aqui é o de que a beterraba congele no campo. Se isso acontecer, não podemos colher, porque se colhermos beterraba congelada, não conseguiremos recuperá-la", explicou o diretor executivo da Associação de Produtores de Beterraba do Vale do Rio Vermelho, em Fargo.

Quando a beterraba congela, os agricultores têm poucos dias para colher, antes que ela apodreça. Desse modo, as refinarias se sentem pressionadas, pois só podem processar grandes quantidades de beterraba de uma vez.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) previu, em outubro, que a produção de beterraba do país totalize 4,26 milhões de toneladas em 2009/2010, mais do que na temporada anterior, que teve 3,81 milhões de toneladas. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.