Tamanho do texto

Premiê chinês, Wen Jiabao, afirma que "ainda confia" que a Europa vai superar a crise da dívida

O premiê chinês, Wen Jiabao, disse neste sábado que "ainda confia" que a Europa vai superar a crise da dívida, e afirmou que a China vai continuar como um investidor de longo prazo na dívida europeia.

O premiê chinês fez os comentários em uma entrevista coletiva junto com o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orban, durante visita ao país.

"Tenho confiança no desenvolvimento econômico da Europa", disse. "A China é um investidor de longo prazo no mercado de dívida soberana da Europa. Nos últimos anos, nós aumentamos em uma margem grande nosso investimento em bônus em euros."

"No futuro, como fizemos no passado, nós vamos dar apoio à Europa e ao euro", acrescentou Wen.

Ele não deu cifras sobre quanto de dívida europeia a China estaria disposta a comprar. Ele afirmou que o país está disposto a comprar "uma certa quantidade" de dívida do governo da Hungria e que quer aumentar o comércio bilateral a 20 bilhões de dólares até 2015.

As reservas internacionais da China somam 3,05 trilhões de dólares, e boa parte desse montante está investido em títulos emitidos na Europa.