Tamanho do texto

A China pediu que os grandes bancos elevem sua taxa mínima de adequação do capital para 11%, disse o vice-presidente da Comissão Regulatória Bancária da China (CBRC, na sigla em inglês), Wang Zhaoxing, num artigo publicado na edição de 1º de dezembro da revista China Finance, apoiada pelo banco central. No artigo, Zhaoxing disse que a nova taxa mínima é parte das medidas que o banco adotou em resposta às mudanças na situação econômica, sem dar mais detalhes.

O regulador também pediu que os bancos médios e pequenos mantenham a taxa de adequação do capital de pelo menos 10%.

No final do ano passado, a CBRC elevou de 8% para 10% a taxa de adequação do capital de todos os bancos. Na semana passada, o órgão emitiu uma advertência aos bancos para que cumpram as exigências de capital, sob pena de sofrerem sanções. A Comissão disse que os bancos que não cumprirem as exigências até o fim do ano poderão ser punidos com limites ao acesso ao mercado, aos investimentos no exterior e à abertura de novas agências. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas