Tamanho do texto

PEQUIM (Reuters) - A China manterá sua política monetária apertada no segundo semestre do ano, disse um comitê nacional do governo nesta quarta-feira, segundo a rádio estatal. O governo também decidiu que o controle da inflação será uma tarefa proeminente no restante do ano.

O vocabulário usado desta vez foi diferente do início do ano, quando o governo declarou que a inflação era sua principal prioridade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.