Tamanho do texto

Porto Alegre, 25 - Uma missão da China estará no Rio Grande do Sul a partir da próxima segunda-feira para avaliar frigoríficos produtores de carne suína. Os técnicos chineses irão visitar a Cooperativa dos Suinocultores de Encantado (Cosuel), Doux Frangosul, Alibem e Avipal.

O grupo irá também a Santa Catarina. Além de examinar indústrias, os técnicos irão avaliar o sistema de defesa sanitária dos dois Estados.

As plantas visitadas precisam atender a dois critérios: ser habilitadas a exportação e cumprir as boas práticas de produção previstas no sistema Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC), explicou o diretor executivo do Sindicato da Indústria de Produtos Suínos (Sips), Rogério Kerber. Alguns frigoríficos com unidades nos dois Estados serão visitados apenas em Santa Catarina. A China tem acordo sanitário com o Brasil para a venda de carne que sofreu processo térmico, o que na prática é quase insignificante em termos de mercado, observou Kerber.

O país asiático é o maior produtor de carne suína do mundo, mas o crescimento de seu mercado interno o levou a suprir a demanda com importações, explicou o dirigente. Por isso, é difícil projetar o potencial importador da China que poderá surgir a partir de um acordo com o Brasil que libere a venda de carne congelada, complementou Kerber.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.