Tamanho do texto

As autoridades australianas aprovaram nesta sexta-feira a compra do grupo de mineração Felix pela chinesa Yanzhou Coal por 3,2 bilhões de dólares, a maior operação de uma empresa do gigante asiático na Austrália e uma nova etapa em sua busca por recursos naturais.

"É a primeira vez que uma empresa chinesa que opera na Austrália será cotada na Bolsa de Sydney", afirma em um comunicado o vice-ministro australiano das Finanças, Nick Sherry.

O acordo demonstra mais uma vez o interesse da China no setor de mineração australiano.

Com aquisições de empresas do setor, Pequim busca controlar os minérios que precisa para sustentar seu desenvolvimento industrial.

As ambições provocam preocupação na Austrália, onde as críticas a este tipo de acordos aumentam com o temor de prejuízos para as empresas e trabalhadores do país.

Há alguns meses, o fracasso de um acordo entre o maior produtor chinês de alumínio, Chinalco, e o grupo angloaustraliano Rio Tinto terminou com a detenção em Xangai de quatro funcionários deste último, acusados pela China de espionagem industrial.

O caso gerou tensão nas relações entre Austrália e China, segundo maior parceiro comercial de Canberra, com 58 bilhões de dólares de negócios em 2008.

th/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.