Tamanho do texto

Vice-presidente do país disse que o governo vai buscar um equilíbrio entre proteção do crescimento econômico e combate à inflação

selo

A economia chinesa não vai sofrer uma aterrissagem abrupta e a economia dos EUA também é resistente, disse o vice-presidente da China, Xi Jinping, em uma reunião de empresários realizada durante a visita ao país do vice-presidente norte-americano, Joe Biden. Jinping também reiterou que Pequim promete manter uma política fiscal proativa e uma política monetária prudente.

Ao mesmo tempo que vai manter sua política macroeconômica estável, a China também fará com que ela seja mais objetiva e flexível, disse o vice-presidente chinês. Ele acrescentou que o governo vai buscar um equilíbrio entre a proteção do crescimento econômico e o combate à inflação.

Jinping pediu que os EUA diminuam as restrições ao comércio entre os dois países e concedam um tratamento justo às empresas chinesas.

Em seu discurso, Biden disse que os dois lados terão "notícias maiores ainda hoje" sobre ampliação de acesso ao mercado tanto para as empresas chinesas como para as norte-americanas. Biden iniciou sua visita de cinco dias à China na quarta-feira, reunindo-se com líderes em Pequim em um momento de crescente ansiedade sobre a perspectiva econômica global. As informações são da Dow Jones.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.