Tamanho do texto

Por Michael Wei PEQUIM (Reuters) - A China entregou nesta quarta-feira aguardadas licenças de telefonia celular de terceira geração para as três operadoras estatais do país, abrindo caminho para bilhões de dólares em investimentos.

Como anunciado no mês passado, a China Mobile, maior operadora celular do mundo, recebeu licença TD-SCDMA do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação, informou a agência oficial de notícias Xinhua.

As rivais menores China Unicom e China Telecom poderão montar redes WCDMA e CDMA 2000, respectivamente, depois de uma completa revisão da indústria de telecomunicações do país em abril, acrescentou a Xinhua.

A tecnologia TD-SCDMA que a China Mobile vai implementar foi desenvolvida no país e é muito apoiada por Pequim, mas apenas passou por testes e pode se mostrar mais custosa e complicada de desenvolver.

Já as tecnologias autorizadas às outras operadoras são amplamente usadas ao redor do mundo e devem ser mais fáceis de serem implementadas que o TD-SCDMA.

O ministério informou no mês passado que o investimento em equipamentos pelas operadoras vai somar 41 bilhões de dólares nos próximos dois anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.