Tamanho do texto

SÃO PAULO - As bolsas de valores da Europa fecharam sem rumo comum nesta segunda-feira. Os investidores mostraram cautela com a situação da Grécia e analisaram a aprovação da proposta da área de saúde de Barack Obama.

Em Londres, o índice FTSE-100 fechou em queda de 0,10%, aos 5.644,54 pontos. O CAC-40, de Paris, ficou em terreno positivo, com pequena variação de 0,07%, aos 3.928,00 pontos. O DAX, de Frankfurt, ganhou 0,08%, aos 5.987,50 pontos.

O mercado se preocupa com a possibilidade de a Grécia recorrer ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e atrapalhar a recuperação econômica do bloco europeu.

Também influenciou as negociações, a decisão da Câmara dos Representantes dos EUA, que aprovaram ontem a proposta de Barack Obama de fornecer cobertura médica para dezenas de milhões de americanos que estavam sem seguro.

No âmbito corporativo, um dos destaques desta sessão foi a Rio Tinto, cujas ações recuaram 1% em Londres, depois da notícia de que quatro de seus executivos, em audiência na China, admitiram terem aceitado subornos.

(Vanessa Dezem | Valor com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.