Tamanho do texto

Strauss-Kahn está em liberdade condicional após acusação de abuso sexual nos EUA

Ator italiano Franco Nero
Getty Images
Ator italiano Franco Nero
NOVA YORK - O caso judicial envolvendo o ex-diretor-chefe do Fundo Monetário Internacional, Dominique Strauss-Kahn, acusado de agressão sexual em Nova York, inspirou um episódio da próxima temporada da série de televisão "Law & Order", informou nesta sexta-feira a revista "TV Guide".

O ator italiano Franco Nero ("Duro de Matar 2") interpretará a um dignitário italiano acusado de cometer uma violação em Nova York, em um dos capítulos da série de televisão que estreia a nova temporada em setembro na emissora "NBC", segundo publicou nesta sexta-feira a revista.

Não é a primeira vez que um caso judicial famoso motivou uma trama televisiva: a história do ex-financeiro Bernard Madoff, que cumpre uma pena de 150 anos por orquestrar uma gigantesca trama piramidal, serviu de referência da série "Damages", protagonizada por Glenn Close.

"Law & Order" estreou na televisão em 1990 e se popularizou como uma série baseada na investigação de um delito por parte da Polícia e do posterior desenvolvimento do julgamento, enquanto, na vida real, Strauss-Kahn permanece em liberdade condicional à espera de seu próximo comparecimento perante o juiz do caso, Michael Obus, prevista para 23 de agosto. O político e economista francês se declarou "inocente" de sete delitos apresentados contra si por abuso sexual e tentativa de violação da camareira de um hotel de luxo de Nova York.