Tamanho do texto

De improviso, economista Austan Goolsbee destrincha temas complexos e ganha a aprovação do chefe, Barack Obama

Mesmo para os padrões pouco glamourosos da cidade de Washington, Austan Goolsbee parece um candidato improvável a estrela de vídeo da web. Mas Goolsbee, um jovem e sério economista que, ocasionalmente, se faz passar por comediante e foi nomeado no mês passado para liderar o Conselho de Economistas da Casa Branca, corajosamente aceitou ser o centro das atenções.

Armado com uma caneta e uma lousa branca, Goolsbee se tornou o garoto propaganda de uma série de vídeos para a web que a Casa Branca está usando para transmitir a mensagem do presidente sobre sua política econômica.

Os vídeos, de qualidade “feito em casa”, têm sido objeto de especulações na internet, especialmente depois que o primeiro – a respeito do debate sobre a prorrogação do corte de impostos da era Bush – foi destaque na semana passada no “The Colbert Report” no canal Comedy Central.

No segundo vídeo, um segmento de quatro minutos publicado no blog da Casa Branca na terça-feira, Goolsbee está diante de um gráfico feito à mão que mostra as perdas e ganhos de empregos do setor privado desde setembro de 2007. Ele usa o gráfico em forma de V para salientar que a queda livre da economia foi transformada em uma recuperação, mesmo que os resultados ainda sejam insatisfatórios.

“Obviamente, os tempos estão difíceis e, obviamente, precisamos fazer mais, mas este é um buraco grande do qual temos que sair, o maior desde 1929”, disse Goolsbee. (O desemprego, agora em 9,6%, na verdade chegou a um ponto mais alto, 10,8%, em 1982, mas a recente recessão foi o seu período mais longo desde a Grande Depressão).

Os vídeos foram ideia de Macon Phillips e Jesse Lee, dois jovens assessores da Casa Branca que trabalham em mídias online. Goolsbee, que frequentemente aparecia em nome do presidente Barack Obama durante sua campanha de 2008, disse que aceitou a proposta por causa de seu grande apreço por eles.

No primeiro vídeo, Goolsbee promete “simplificar”, com um sotaque que revela sua origem em Waco, Texas. Professor licenciado da Escola de Aministração Booth, da Universidade de Chicago, Goolsbee, de 41 anos, aconselhou Obama desde a sua disputa para o Senado dos Estados Unidos em 2004. Em uma entrevista na terça-feira Goolsbee disse que trabalhar nos vídeos da web – e participar de chats online com o público, como fez nesta terça-feira no site CNNMoney.com – é mais fácil do que ensinar seus alunos de MBA em Chicago.

null“Os estudantes de negócios fazem muitas perguntas e têm um ceticismo saudável, então eu acho que você aprende a produzir evidências e chegar ao ponto”, disse.

Sem roteiro

A série de vídeos é intitulada "Casa Branca White Board" (Lousa Branca da Casa Branca, em tradução livre). Os vídeos não têm roteiro; Goolsbee fala de improviso, fazendo várias tomadas para cada segmento.

Obama gostou do primeiro vídeo, segundo Reggie Love, assistente pessoal de Obama, e Rahm Emanuel, chefe de gabinete, disseram a Goolsbee. “Depois do primeiro, Rahm disse: ‘Nós devemos fazer mais coisas como assim’”, contou Goolsbee.

Um artigo no site do jornal The Atlantic observou elogios para o desempenho Goolsbee de jornalistas de veículos como Politico, The Wall Street Journal, The Economist e outros. Mas os vídeos ainda precisam de muito para se tornarem virais.

O primeiro, em que Goolsbee argumentou contra a extensão dos cortes de impostos da era Bush para os americanos mais ricos, como os republicanos querem, atraiu cerca de 75 mil visualizações no site da Casa Branca e cerca de 47 mil no YouTube - um número muito modesto para os padrões da web.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.