Tamanho do texto

Contudo, o governo admitiu que o crescimento desacelerou em meio ao impasse sobre a dívida e o terremoto do Japão

A Casa Branca informou nesta quarta-feira não acreditar que a economia dos Estados Unidos corre o risco de enfrentar uma nova recessão.

O porta-voz Jay Carney, reconheceu, no entanto, que o crescimento desacelerou em meio aos maiores custos de energia e outros desafios, incluindo o terremoto no Japão e o debate sobre o teto da dívida no país.

"Houve uma série de ventos contrários neste ano", afirmou ele.

Leia mais:

- EUA continua decepcionando e bolsas caem com força

- Expansão do setor de serviços dos EUA desacelera em julho

- Geração de empregos no setor privado dos EUA supera estimativas

- Agência de rating chinesa rebaixa nota dos EUA para "A"