Tamanho do texto

O governo dos Estados Unidos indicou nesta sexta-feira que não se espera que o presidente eleito, Barack Obama, participe nas discussões durante a cúpula dos países industrializados e economias emergentes do G20 sobre a crise financeira na próxima semana.

"Estamos em comunicação e coordenação com eles. Não esperamos que esteja presente", afirmou o porta-voz Tony Fratto, acrescentando que há uma cooperação próxima com os assessores econômicos do presidente eleito para analisar a melhor maneira de responder a crise financeira mundial, a fim de evitar enviar "sinais confusos" aos mercados internacionais.

"Desejamos ouvir seus pontos de vista de como enfrentar estes temas que vão estar presentes por algum tempo", indicou o porta-voz.

ok/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.