Tamanho do texto

Presidente do banco critica "mania de indexação" de preços no Brasil

selo

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, afirmou hoje que quase metade do repasse de recursos para empresas em 2011 pela instituição oficial foi realizada com bancos comerciais. Ele ressaltou que, no ano passado, o cartão BNDES repassou cerca de R$ 7,6 bilhões para microempresas.

Ele também disse que a mania de indexação de preços no Brasil é um empecilho ao desenvolvimento. Durante evento de assinatura de cooperação técnica do BNDES com a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), ele citou ainda o juro de curto prazo no País, que ainda é alto, mas está caindo.

Coutinho afirmou ainda que existe espaço para elevar o crédito no País para pessoas físicas, pequenas empresas e para o setor de habitação. Segundo ele, com o sistema bancário atual, há segurança de que haverá desenvolvimento seguro do sistema de crédito, sem bolhas. Coutinho disse que não há risco sistêmico de ocorrer bolhas de crédito no Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.