Tamanho do texto

A capital abriu 17,6 mil postos de trabalho no período

A cidade de São Paulo (SP) registrou no mês de maio um volume de 17.670 novos empregos. Com o resultado, a capital liderou o ranking das cidades brasileiras com maior evolução do emprego formal, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O município totalizou 200.331 admissões e 182.661 desligamentos no período.

O Rio de Janeiro (RJ) seguiu na segunda colocação, com 6.740 vagas em maio. Belo Horizonte (MG), Bebedouro (SP) e Goiania (GO) também integraram a lista das cinco cidades que mais criaram empregos formais, com geração de 5.218, 3.724 e 3.319, respectivamente.

Paralelamente, a cidade de Vacaria (RS) foi responsável pelo maior índice de demissões no período, com saldo [diferença entre contratações e desligamentos] negativo de 1.746 postos de trabalho em maio. O município, que ocupou o último lugar no ranking do estado do Rio Grande do Sul, contabilizou 3.653 demissões, ante um volume de 1.907 contratações. As cidades de Vitória de Santo Antão (PE), Porto Velho (RO) e São Luís (MA) também fizeram parte deste quadro. Os municípios registraram 1.120, 1.015 e 806 desligamentos, respectivamente.

Ainda de acordo com os dados divulgados, no total, foram criadas 252.067 oportunidades com carteira assinada só no mês de maio. O período atingiu o terceiro melhor resultado na série histórica do Caged. As duas principais marcas foram registradas em 2004, com 291.822 empregos, e em 2010, com 298.041.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.