Tamanho do texto

Pesquisa aponta que 63,25% liberarão os empregados

São Paulo ¿ Um levantamento feito pela Curriculum com 574 empresas, para identificar como agirão com os funcionários com relação aos jogos do Brasil na Copa do Mundo , mostrou que 36,75% delas não os dispensarão para assistir às partidas, enquanto 63,25% vão liberá-los.

Das empresas que têm planos para dispensar seus colaboradores, 55,2% aproveitarão o momento para uma confraternização, enquanto 19% afirmam que ainda não pensaram nisso.

Local - Com relação aos dois primeiros jogos, a pesquisa mostra que, entre as companhias que festejarão, 62,4% pretendem aproveitar o momento com os colaboradores na própria empresa, em um lugar onde todos possam estar reunidos. Já 16,4% também comemorarão juntos, mas fora do local de trabalho.

Sobre o patrocínio aos comes e bebes, 56,9% responderam que sim e 27,1% patrocinarão parcialmente, ou seja, isso demonstra que as companhias percebem a  oportunidade de integração que os jogos do Brasil na Copa do Mundo trazem.

Horários - Com relação ao primeiro jogo do Brasil, 15 de junho (terça-feira), às 15h30, 34,6% dispensarão seus colaboradores uma hora antes do jogo e 86,4% estenderão a dispensa também depois da conclusão da partida.

Quanto ao terceiro jogo do Brasil, que acontecerá no dia 25 de junho (sexta-feira), às 11 horas, 53,1% pretendem voltar ao trabalho logo após o jogo. Caso o Brasil se classifique para as quartas de final, 83,8% pretendem continuar com os mesmos padrões de comportamento adotados nos jogos anteriores.

Leia mais sobre empregos

Siga o iG Empregos no Twitter

Receba as atualizações do iG Empregos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.