Tamanho do texto

Levantamento da consultoria Right mostra que 80% do avaliadores preferem que o texto seja dividido em tópicos

Uma pesquisa da consultoria Right Management sobre o layout dos currículos mostra que objetividade e priorização das informações são itens essenciais na preparação do documento.

Segundo o levantamento, o currículo deve ter, de preferência, duas páginas e a formação acadêmica, especialmente cursos de graduação e especializações, deve aparecer logo na primeira página.

Além disso, 79% dos avaliadores afirmam que o documento deve conter o resumo de qualificações e descrição dos cargos. Informações, como data de nascimento e estado civil, também são consideradas importantes para 54,9% dos entrevistados.

Quanto à organização do conteúdo, 80% dos consultores disseram que o texto dividido em itens é o formato ideal da redação de um currículo. Para Telma Guido, consultora sênior de transição de carreira da Right Management, o texto em tópicos, além de ser mais prático para o leitor, possibilita a chamada análise dos trinta segundos.

Telma também alerta para a necessidade de ficar atento à redação, especialmente na parte de realizações e resultados. O profissional deve evitar a primeira pessoa e dar preferência a construções como: desenvolvimento de algo, em vez de desenvolvi algo.

O levantamento também revelou que 76% dos recrutadores preferem a apresentação do idioma por nível (fluente/avançado/intermediário/básico), 96% disseram que a ordem para apresentação do histórico e experiência profissional devem ser do último para o primeiro emprego e 96% preferem que as datas de admissão e de desligamento sejam menciondas por mês e ano.

Além disso, para 56% a melhor forma de apresentar a experiência profissional é por descrição dos cargos e das qualificações e 69% divulgaram que somente as viagens internacionais com propósito de trabalho devem ser citadas.

A pesquisa Right ouviu 76 profissioanais entre proprietários, diretores, consultores e partners.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.