Tamanho do texto

O Brasil está entre os 20 países com as maiores intenções de contratação para o quarto trimestre de 2014

Mesmo com a desaceleração, prognóstico ainda é positivo
Camila Domingues/Palácio Piratini/Divulgação
Mesmo com a desaceleração, prognóstico ainda é positivo

Os empregadores brasileiros devem manter um ritmo modesto de contratações para os últimos três meses do ano – mas índice ainda é positivo. Esse é o resultado da pesquisa Expectativa de Emprego no Brasil, do ManpowerGroup. Cerca de 14% das empresas esperam aumentar as folhas de pagamento e 9% e 77% acreditam que vão manter equipes intactas – apenas 9% antecipam redução nos quadros.

Leia mais: Criação de vagas nos EUA é a menor em 8 meses

A despeito do otimismo, essa intenção de contratação de 7% é a mais baixa desde 2009. As empresas com melhores prognósticos são as de grande e pequeno porte.

Foram entrevistados 856 empregadores brasileiros. O aumento no número de trabalhadores está previsto em todos os setores, segundo a pesquisa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.