Tamanho do texto

Uma greve no transporte público, convocada pelos principais sindicatos do setor, gerou grandes engarrafamentos hoje nas ruas das cidades mais importantes da Itália.

Os funcionários do metrô, dos ônibus dos trens de toda a península pararam em protesto contra a não renovação de uma convenção coletiva de trabalho.

Segundo estimativas dos sindicatos, cerca de 82% dos trabalhadores do setor aderiram ao protesto.

Em Roma, Milão, Turim, Palermo e Veneza muitos cidadãos tiveram que se deslocar de carro ou a pé.

Trata-se da segunda greve nacional depois da realizada no dia 9 de maio passado durante quatro horas.

kv/jo/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.