Tamanho do texto

Presidente do BC mexicano Agustín Carstens tem reunião nesta terça; entrevista com ministra francesa Christine Lagarde será dia 23

Os dois candidatos ao posto de chefia do Fundo Monetário Internacional (FMI) - o presidente do banco central mexicano Agustín Carstens e a ministra francesa Christine Lagarde - vão se reunir com o Conselho Executivo do organismo ao longo desta semana - hoje, é a vez de Carstens; no dia 23, a de Christine.

Nessas conversas, segundo o FMI, cada candidato vai apresentar suas visões de temas enfrentados pelo organismo e integrantes e o Conselho pode trocar comentários. Os postulantes ao cargo de diretor-gerente também vão ter entrevistas bilaterais com os diretores executivos.

Na próxima semana, o Conselho tem encontro para discutir a sucessão na direção do Fundo. A meta é completar o processo de seleção no dia 30 deste mês, informou o FMI em nota distribuída ontem.

"Apesar de o Conselho poder selecionar o diretor-gerente pela maioria dos votos, o objetivo é selecioná-lo por consenso em um encontro formal", conforme o comunicado.