Tamanho do texto

A carga de energia no Sistema Interligado Nacional (SIN) em fevereiro foi de 58.436 megawatts (MW) médios, crescimento de 11,8% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o crescimento é fruto da baixa base de comparação, uma vez que os efeitos da crise internacional ainda eram fortes em fevereiro de 2009, e das altas temperaturas verificadas neste verão.

Mesmo com dias a menos e com o feriado de carnaval, fevereiro de 2010 teve crescimento de consumo com relação ao mês imediatamente anterior (janeiro), de 4,9%, uma situação incomum. No acumulado de 12 meses, a carga de energia no SIN registra crescimento de 2,8%. Entre os subsistemas do SIN, o maior crescimento foi verificado nas regiões Sudeste/Centro Oeste, de 12,4%.
"Também contribuiu para o comportamento do mês em curso a ocorrência de temperaturas elevadas, cujas máximas foram superiores tanto à média histórica do período quanto as verificadas nesse mês do ano anterior e cujos efeitos são sentidos no desempenho das classes residencial e comercial, devido a aquisição de novos eletrodomésticos e uso intensivo de aparelhos de refrigeração pelas famílias", analisam os técnicos do ONS no Boletim da Carga Mensal de fevereiro, divulgado hoje.

A carga da Região Sul teve crescimento de 11,7%; no Nordeste, a alta foi de 11% e no Norte, 7,8%. No Sul, as altas temperaturas também tiveram forte impacto. Já no Nordeste e no Norte, houve grande impacto da retomada da atividade econômica.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.