Tamanho do texto

Frankfurt (Alemanha), 4 dez (EFE).- O Bundesbank (banco central alemão) revisou para cima suas previsões macroeconômicas para a Alemanha, diante da melhora da atividade detectada no último trimestre.

Segundo as previsões semestrais apresentadas hoje pelo Bundesbank, a contração do Produto Interno Bruto (PIB) será este ano de 4,9%, e não de 6,2%, como estava previsto em meados do ano.

Para 2010, o Bundesbank previu um crescimento do PIB de 1,6%, frente à estagnação contida nas previsões realizadas em junho.

O Bundesbank explicou que as perspectivas conjunturais para a economia alemã melhoraram de forma considerável nos últimos meses e confirmam que o país está no caminho da recuperação.

"Os estímulos econômicos à economia e o impulso da política fiscal deverão apoiar o crescimento nos dois próximos anos", afirma o Bundesbank no relatório apresentado hoje.

A autoridade monetária advertiu, no entanto, que essa recuperação será acompanhada de um aumento do desemprego, que passará de uma média anual de 3,4 milhões de pessoas (2009), para 3,8 milhões (2010) e 4,2 milhões (2011).

Isso significa que a taxa de desemprego aumentará, segundo as previsões do Bundesbank, de 8,2% este ano para 10,1% em 2011. EFE cv/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas