Tamanho do texto

País deve divulgar comunicado conjunto com a Argentina informando o apoio

O Brasil vai apoiar a francesa Christine Lagarde para o cargo de diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), disse à Reuters uma fonte do governo nesta terça-feira.

Ministra francesa Christine Lagarde e Guido Mantega, em Brasília
AP
Ministra francesa Christine Lagarde e Guido Mantega, em Brasília
A fonte, que pediu anonimato, disse que o país deve divulgar, ainda nesta manhã, comunicado conjunto com a Argentina informando o apoio.

Lagarde concorre com o presidente do banco central do México, Agustín Carstens , para substituir Dominique Strauss-Kahn, que renunciou no mês passado em meio a acusações de crime sexual.

Apoiada pela União Europeia, o G8 e alguns países africanos, Lagarde é a principal concorrente.

Nesta manhã, o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, anunciou o apoio formal de seu país à francesa, enquanto o ministro russo das Finanças, Alexei Kudrin, disse que a Rússia vai votar por ela.

O FMI quer nomear um novo diretor-gerente até o dia 30.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.