Tamanho do texto

São Paulo, 21 - As negociações entre Brasil e Chile para abertura do mercado de carnes vai ter um passo importante nessa semana. Uma missão de técnicos da Secretaria de Defesa Animal do Ministério da Agricultura do Brasil está reunida com o governo chileno entre hoje e a próxima quarta-feira para negociar a retomada das exportações, especialmente de carne bovina, para aquele mercado.

A equipe brasileira vai pedir a habilitação dos 11 Estados reconhecidos pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em maio, como livres de aftosa com vacinação.

No final de junho, o Chile já havia reconhecido Santa Catarina como área livre de febre aftosa sem vacinação. A decisão abre a possibilidade de exportação de carne suína procedente dos frigoríficos catarinenses inspecionados e habilitados recentemente pela missão de técnicos chilenos. O mesmo comunicado que tratou da carne suína também informou que 12 estabelecimentos brasileiros poderão exportar carne de frango para o mercado chileno. Outros seis estão em processo de habilitação. Nos seis primeiros meses de 2008, foram comercializadas 486 toneladas de frango industrializado, totalizando US$ 1,22 milhão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.