Tamanho do texto

BRASÍLIA - Brasil e Argentina assinam hoje acordo de cooperação técnica para identificar projetos que permitam desenvolvimento e integração produtiva. Cada país financiará seus projetos.

O documento será firmado às 12h30, no Palácio do Planalto, pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Banco de La Nación e o Banco de Investimento e Comércio Exterior (banco argentino semelhante ao BNDES).

A solenidade ocorre logo após encontro reservado entre os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Cristina Kirchner, da Argentina, seguido de reunião ampliada com ministros e assessores dos dois países. Também haverá assinatura do acordo-quadro de cooperação entre os bancos centrais brasileiro e argentino e de atos aprovando convênio de cooperação entre a Eletrobrás e a Emprendimientos Energéticos Binacionales (Ebisa).

Na reunião entre Lula e Cristina Kirchner devem ser discutidas questões sobre aviação regional, indústria naval e energia e a implementação dos compromissos assumidos na Declaração da Casa Rosada (22 de fevereiro de 2008) sobre projetos relativos a um sistema de pagamentos em moeda local, à construção de satélite conjunto para observação costeira e oceânica, à criação de uma empresa binacional de enriquecimento de urânio, aos estudos para construção da hidrelétrica de Garabi, e à cooperação em matéria de defesa, entre outras.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.