Tamanho do texto

Se o crescimento da rede de lavanderias 5 à Sec no Brasil for mantido, nos próximos dois anos o País passará a França, país-sede da empresa, em número de lojas. "O CEO do grupo, David Sztabholz chegou a me dizer brincando que preciso mudar o local da sede para cá", diz o master franqueado da rede, Nelcindo Nascimento.

Se o crescimento da rede de lavanderias 5 à Sec no Brasil for mantido, nos próximos dois anos o País passará a França, país-sede da empresa, em número de lojas. "O CEO do grupo, David Sztabholz chegou a me dizer brincando que preciso mudar o local da sede para cá", diz o master franqueado da rede, Nelcindo Nascimento. Para chegar ao topo da lista da rede francesa, Nascimento pôs em execução um plano para interiorizar a marca e executar sua estratégia de triplicar o tamanho da operação até 2014. Até lá, meta da lavanderia, que atualmente conta com 300 lojas, contra 400 da matriz, é crescer a uma taxa média anual de 53 unidades, totalizando 550 pontos até 2014. Pacotes de serviços com preços reduzidos e a conquista de consumidores emergentes são os trunfos de Nascimento para atingir vendas de R$ 400 milhões até a Copa de 2014. Em 2009, as receitas ficaram em R$ 140 milhões. "Apenas 5% da nossa população utiliza serviços de lavanderia", diz. "Temos muito espaço para crescer."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.