Tamanho do texto

SÃO PAULO - Apoiada no bom humor externo, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera no território positivo nesta terça-feira. Neste começo de tarde, o ganho é de 0,88%, com o Ibovespa indicando 41.882 pontos. O giro financeiro fica na casa dos R$ 266 milhões.

As compras por aqui seguem os ganhos no mercado europeu e a sinalização de alta do mercado norte-americano. No entanto, uma possibilidade de realização de lucros não pode ser descartada, ainda mais em função da carregada agenda de indicadores do dia, que reserva as encomendas à indústria norte-americana e a atividade no setor de serviços dos Estados Unidos.

Os agentes também esperam a ata do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, que em 16 de dezembro cortou a taxa básica de juros dos Estados Unidos para uma banda entre zero e 0,25%.

Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), o Ibovespa com vencimento em fevereiro apontava ganho de 0,82%, marcando 42.650 pontos.

Ativos em alta

Entre os ativos de maior peso na carteira, Petrobras PN subia 1,83%, para R$ 25,56; Vale PNA avançava 3,03%, a R$ 28,85; BM & FBovespa ON aumentava 1,43%, cotada a R$ 7,08; Bradesco PN valorizava 1,13%, a R$ 24,89; e Itaú PN ganhava 0,82%, para R$ 29,19.


Dólar

No câmbio, o dólar segue perdendo valor ante o real. O movimento de baixa iniciado ontem está relacionado à entrada de recursos externos no país, reflexo da menor aversão ao risco, e à redução das apostas contra o real no mercado futuro. Nesta terça-feira, a moeda norte-americana é negociada a R$ 2,210, um desvalorização de 2,04%.

Leia mais sobre Bovespa - dólar

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.