Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) segue operando com forte baixa. A queda no preço das commodities prejudica o desempenho dos principais papéis do índice, puxando uma queda de 1,95%, para Ibovespa, que apontava 59.585 pontos por volta das 14h50. O giro financeiro estava em R$ 3,07 bilhões.

Em Nova York, a queda no preço das matérias-primas, com destaque para o petróleo, tem efeito contrário, estimulando as compras, que seguram o Dow Jones em território positivo apesar de uma série de balanços trimestrais pouco animadores. Há pouco, o indicador subia 0,32%. Já a bolsa eletrônica Nasdaq perdia 0,09%.

O dólar continua ganhando valor ante o real com os agentes ajustando suas posições depois que a moeda caiu abaixo do R$ 1,58 na sessão de ontem. Há pouco, a divisa valia R$ 1,583 na venda, alta de 0,31%.

Dentro do Ibovespa, o papel PN da Petrobras liderava as perdas caindo 3,43%, para R$ 37,48. Logo atrás está a Vale PNA, que apresentava queda de 2,75%, para R$ 40,26. As siderúrgicas também perder valor. Usiminas PNA registrava queda de 3,68%, para R$ 70,50, e Gerdau PN recuava 3,38%, para R$ 33,72.

Destaque para a ação PN do Itaú, que subia 0,56%, para R$ 34,00, enquanto Bradesco PN se desvalorizava 1,04%, para R$ 33,95, e Banco do Brasil ON caía 3,07%, para R$ 24,25.

A queda no preço do petróleo favorece o setor de aviação. Embraer ON subia 4,98%, para R$ 12,00. Gol PN tinha alta de 4,55%, para R$ 15,16, e TAM PN valorizava 4,30%, para R$ 32,70.

Fora do índice, o setor de tecnologia ganhou destaque depois que a Totvs anunciou que negocia a incorporação da Datasul. As duas empresas vão juntar seus negócios de software de gestão em uma transação de R$ 480 milhões, mais troca de ações. Há pouco, as ações ON da Datasul subiam 6,17%, para R$ 22,19, depois de disparar mais de 14%. O papel ON da Totvs subia 1,01%, para R$ 50,00, depois de cair 4,9%.

Leia também:

Leia mais sobre Bovespa dólar

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.